14.10 MANIFESTO DOS PSICANALISTAS BRASILEIROS PELA DEMOCRACIA . Movimento Articulação das Entidades Psicanalíticas Brasileiras e Febrapsi

MANIFESTO DOS PSICANALISTAS BRASILEIROS PELA DEMOCRACIA
 

O Brasil se encontra num momento crucial de sua história. Nas próximas três semanas estaremos diante de uma escolha que moldará de forma contundente nosso horizonte. Estamos todos sendo convocados a definir de maneira clara que tipo de sociedade queremos ser.
As entidades que assinam este Manifesto – Sociedades psicanalíticas, Escolas de Psicanálise e Associações de psicanalistas – vêm a público manifestar sua imensa apreensão diante de um cenário que, de maneira flagrante, vem pondo em risco o Estado Democrático de Direito que com grande esforço conquistamos, e que vem sustentando a sociedade brasileira nos últimos trinta anos.  Não podemos deixar que isso aconteça!  
A democracia é o único fiador de nosso futuro como nação, é o único caminho em direção a uma sociedade livre, justa e fraterna. Para mantê-la é preciso sustentar o direito inalienável de livre expressão de ideias, e de associação – que se traduzem na diversidade política, cultural, religiosa e sexual, e no repúdio a toda forma de preconceito, opressão social, racial ou sexual. É necessário apostar na construção de uma sociedade que busque de forma permanente reduzir a abjeta desigualdade econômica que ainda nos caracteriza.
Por isso, instamos todos os brasileiros a usarem conscientemente seu voto como um instrumento de defesa dos valores essenciais da democracia. O momento que vivemos não admite hesitação! 

Brasil, 10 de Outubro de 2018

Assinam o presente Manifesto:

Movimento Articulação das Entidades Psicanalíticas Brasileiras:
ALEPH – Escola de Psicanálise  
Associação Psicanalítica de Porto Alegre – APPOA
CEPdePA – Centro de Estudos Psicanalíticos de Porto Alegre 
Círculo Brasileiro de Psicanálise – CBP
Círculo Psicanalítico do Rio de Janeiro – CPRJ 
Corpo Freudiano Escola de Psicanálise
Departamento de Psicanálise – SEDES SAPIENTIAE
Departamento Formação em Psicanálise – SEDES SAPIENTIAE 
Escola Brasileira de Psicanálise – EBP
Escola de Psicanálise dos Fóruns do Campo Lacaniano – EPFCL/BRASIL 
Escola Lacaniana de Psicanálise do Rio de Janeiro
Escola Letra Freudiana
Federação Brasileira de Psicanálise – FEBRAPSI 
Laço Analítico/Escola de Psicanálise  – LAEP  
Práxis Lacaniana/Formação em Escola – Niterói
Sigmund Freud Associação Psicanalítica
Sociedade de Psicanálise da Cidade do Rio de Janeiro  – SPCRJ 
Tempo Freudiano Associação Psicanalítica
Associação Psicanalítica de Nova Friburgo
Círculo Psicanalítico de Minas Gerais – CPMG
Círculo Psicanalítico de Pernambuco – CPP
Coletivo Psicanalistas pela Democracia
Espaço Brasileiro de Estudos Psicanalíticos – EBEP 
Fórum do Campo Lacaniano – Rio de Janeiro
Fórum do Campo Lacaniano – São Paulo
Laboratório de Estudos de Psicanálise da Infância e da Educação – IPUSP/USP
Laboratório de Pesquisa em Psicanalise, arte e politica – LAPPAP/UFRGS 
Maiêutica Florianópolis – Instituição Psicanalítica
Núcleo de Pesquisa Psicanálise e Sociedade da PUC-SP
Núcleo de Psicanálise – HCFM- USP
Programa de Mestrado Profissional em Psicanálise e Políticas Públicas do IP/UERJ
Programa de Pós-Graduação em Psicanálise do Instituto de Psicologia da UERJ
Programa de Pós-graduação em Psicanálise, clínica e cultura da UFRGS
Rede Interamericana de Psicanálise e Política – REDIPPOL
Rede Internacional Coletivo Amarrações: políticas com adolescentes 
Sociedade Brasileira de Psicanálise de São Paulo – SBPSP
Sociedade Brasileira de Psicanálise do Rio de Janeiro – SBPRJ
Toro – Escola de Psicanálise (Maceió)